thesoundofsilence

How many times must a man look up, Before he can see the sky? How many ears must one man have, Before he can hear people cry? The answer, my friend, is blowin' in the wind. The answer is blowin' in the wind.

quarta-feira, Abril 23, 2014

Léo Jaime faz hoje 54 anos

Roy Orbison nasceu faz hoje 78 anos

Braços de Seda

Ontem,
quando a morte passou
carregando meu corpo,
não sei se para o céu,
ou qualquer outro porto,
onde houvesse lugar
para um filho de Ogum,
eu vi que havia luz e madrugada
e um solo de canção desesperada,
nos olhos da mulher que não me amou.

Ontem,
quando a morte passou,
lá no bar onde bebo,
e como linda Inês,
posta em sossego,
em seus braços de seda me tomou,
senti que a vida inteira me fluía
e que a triste canção que eu perseguia
jazia na mulher que não me amou.


(poeta paraense falecido faz hoje 24 anos)

terça-feira, Abril 22, 2014


Daniel Johns faz hoje 35 anos

Peter Frampton faz hoje 64 anos

Quissange - Saudade Negra

Não sei, por estas noites tropicais,
o que me encanta...
Se é o luar que canta
ou a floresta aos ais.

Não sei, não sei, aqui neste sertão
de música dolorosa
qual é a voz que chora
e chega ao coração...

Qual o som que aflora
dos lábios da noite misteriosa!

Sei apenas, e isso é que importa,
que a tua voz, dolente e quase morta,
já mal a escuto, por andar ausente,
já mal escuto a tua voz dolente...

Dolente, a tua voz "luena",
lá do distante Moxico,
que disponho e crucifico
nesta amargura morena...

Que é o destino selvagem
duma canção em que tange,
por entre a floresta virgem
o meu saudoso "Quissange".

Quissange, fatalidade
deste meu triste destino...
Quissange, negra saudade
do teu olhar diamantino.

Quissange, lira gentia,
cantando o sol e o luar,
e chorando a nostalgia
do sertão, por sobre o mar.

Indo mares fora, mares bravos,
em noite primaveril
acompanhando os escravos
que morreram no Brasil.

Não sei, não sei,
neste verão infinito,
a razão de tanto grito...

- Se és tu, oh morte, morrei!

Mas deixa a vida que tange,
exaltando as amarguras,
e as mais tristes desventuras
do meu amado Quissange!


(poeta constanciense nascido a 22 de Abril de 1900)

segunda-feira, Abril 21, 2014

Nina Simone faleceu faz hoje anos

Patti LuPone faz hoje 65 anos

Iggy Pop faz hoje 67 anos

Bombas...

Bombas limpas, disseram? E tu sorris
E eu também. E já nos vemos mortos
Um verniz sobre o corpo, limpos, estáticos,
Mais mortos do que limpos, exato
Nosso corpo de vidro, rígido
À mercê dos teus atos, homem político.
Bombas limpas sobre a carne antiga.
Vitral esplendente e agudo sobre a tarde.
E nós na tarde repensamos mudos
A limpeza fatal sobre nossas cabeças
E tua sábia eloqüência, homens-hienas

Dirigentes do mundo.


(poetisa paulista nascida faz hoje 84 anos)

domingo, Abril 20, 2014

Arte Poética

Escrever um poema
é como apanhar um peixe
com as mãos
nunca pesquei assim um peixe
mas posso falar assim
sei que nem tudo o que vem às mãos
é peixe
o peixe debate-se
tenta escapar-se
escapa-se
eu persisto
luto corpo a corpo
com o peixe
ou morremos os dois
ou nos salvamos os dois
tenho de estar atenta
tenho medo de não chegar ao fim
é uma questão de vida ou de morte
quando chego ao fim
descubro que precisei de apanhar o peixe
para me livrar do peixe
livro-me do peixe com o alívio
que não sei dizer


(Adília Lopes faz hoje 54 anos)

Steve Marriot faleceu faz hoje 22 anos

Luther Vandross faria hoje 63 anos

Imaginação

A imaginação é magia e é arte
que nos faz inventar, sonhar e viajar.
Com imaginação podemos ir a Marte
ou ao centro da Terra, ou ao fundo do mar.

Com imaginação nunca estamos sozinhos.
A imaginação é um voo, um lugar
onde temos amigos, onde há outros caminhos
nos quais, sem te mexeres, podes ir passear.

Inventa uma cantiga, um poema, um desenho
um arco-íris, um rio por entre malmequeres;
esse lugar é teu, sem limite ou tamanho.
A esse teu lugar, só vai quem tu quiseres.


(Rosa Lobato de faria nasceu faz hoje 82 anos)

sábado, Abril 19, 2014


Dar Williams faz hoje 47 anos

Alan Price faz hoje 72 anos

Roberto Carlos faz hoje 73 anos

Momento num Café

Quando o enterro passou
Os homens que se achavam no café
Tiraram o chapéu maquinalmente
Saudavam o morto distraídos
Estavam todos voltados para a vida
Absortos na vida.

Um no entanto se descobriu num gesto longo e demorado
Olhando o esquife longamente
Este sabia que a vida é uma agitação feroz e sem finalidade
Que a vida é traição
E saudava a matéria que passava
Liberta para sempre da alma extinta.


(poeta pernambucano nascido a 19 de Abril de 1886)

sexta-feira, Abril 18, 2014


Pedro Mariano faz hoje 39 anos

Tony Mottola nasceu faz hoje 96 anos

Elegia

Entrou na sala e ficou em pé tocando piano, 
Sua mão pequena batia no teclado  
                                                 duramente. 
Lembro que estava de vermelho 
Lembro que tinha nas tranças finas uma fita preta 
Lembro que era de tarde 
E entrava pelas janelas abertas o vento do 
                                                      mar. 
Não lembro se tinha flores perto dela 
Mas nascia um perfume do seu corpo. 
 
Que amor o meu! 


(poeta carioca nascido faz hoje 108 anos)

quinta-feira, Abril 17, 2014

Céu faz hoje 34 anos

Michael Sembello faz hoje 60 anos

Primeiro as Últimas Coisas

Soluções para problemas
são fáceis de encontrar:
o problema é uma boa
contribuição.
O que realmente é uma arte
é torcer a mente
e obter um problema que encaixe
numa solução.


(cientista e poeta dinamarquês falecido faz hoje 18 anos)

(tradução de Natália Bebiano e F. J. Craveiro de Carvalho)