terça-feira, agosto 30, 2016

Para a minha filha, no dia do seu aniversário

Não Te Rendas Jamais

Procura acrescentar um côvado
à tua altura. Que o mundo está
à míngua de valores
e um homem de estatura justifica
a existência de um milhão de pigmeus
a navegar na rota previsível
entre a impostura e a mesquinhez
dos filisteus. Ergue-te desse oceano
que dócil se derrama sobre a areia
e busca as profundezas, o tumulto
do sangue a irromper na veia
contra os diques do cinismo
e os rochedos de torpezas
que as nações antepõem a seus rebeldes.
Não te rendas jamais, nunca te entregues,
foge das redes, expande teu destino.
E caso fiques tão só que nem mesmo um cão
venha te lamber a mão,
atira-te contra as escarpas
de tua angústia e explode
em grito, em raiva, em pranto.
Porque desse teu gesto
há de nascer o Espanto.


(poeta carioca) 

Poema dedicado à minha filha, no dia do aniversário.

segunda-feira, agosto 29, 2016


Mallu Magalhães faz hoje 24 anos

Elizabeth Fraser faz hoje 53 anos

Michael Jackson faria hoje 58 anos

Edu Lobo faz hoje 73 anos
Orgulho Caboclo

Tenho orgulho de haver nascido no sertão,
na terra em que o vaqueiro, intrépido, se estriba
no dorso de um cavalo, e de um soco derriba
no coração da mata o touro barbatão.

Tenho orgulho de ser filho da Paraíba,
irmão do cearense indômito, que não
perdeu o amor à terra e só daqui arriba,
quando na seca os céus lhe negam água e pão.

Orgulho deste sol, cujos beijos ardentes
dão à terra molhada e igualmente às sementes
o mágico poder de uma ressurreição.

Dos que fecham com ferro e com cimento e terra
as gargantas do rio, os boqueirões de serra,
conquistando destarte a nossa redenção!


(poeta paraibano falecido faz hoje 41 anos)

domingo, agosto 28, 2016


Florence Welch faz hoje 30 anos

Paula Fernandes faz hoje 32 anos

LeAnn Rimes faz hoje 34 anos
Perfeição

Tanto esforço perdido em ser perfeito,
em ser superno, tanto esforço vão!
Sonho efêmero! acordo, e em torno ao leito,
a mesma inércia, a mesma escuridão!

Vejo, através das sombras, um defeito
em cada cousa, e as cousas todas são
para os meus olhos rútilos de Eleito
prodígios da impureza e imperfeição.

Fico-me, noites adentro, insone e mudo,
pensando em Ti... que dormes esquecida
do teu amargurado Sonhador...

Ah! mas, ao menos, se imperfeito é tudo,
salve-se, às mil imperfeições da Vida,
a humilde perfeição do meu Amor!


(poeta brasileiro nascido faz hoje 128 anos)

sábado, agosto 27, 2016


Paulinho Moska faz hoje 49 anos

Sandra de Sá faz hoje 61 anos

Cesária Évora faria hoje 75 anos
Uma Recordação

Não há homem que consiga deixar uma marca
nela. Todo o passado se dilui num sonho
como uma rua na manhã e só fica ela.
Se não fosse a testa franzida por um momento
pareceria atónita. As maçãs do rosto têm sempre
um sorriso.

                   Também não se acumulam os dias
no seu rosto, nem alteram o sorriso leve
que irradia sobre todas as coisas. Com uma firmeza dura
faz cada coisa como se fosse a primeira;
no entanto vive-a até ao último momento. O seu corpo
firme abre-se, o olhar recolhido,
a uma voz doce e algo rouca: à voz
dum homem cansado. E nenhum cansaço a toca.

Quando se lhe olha para a boca, semicerra os olhos
à espera: ninguém se arriscaria.
Muitos homens conhecem o seu ambíguo sorriso
ou a súbita ruga. Se homem existiu
que a soube queixosa, humilhada de amor,
paga dia após dia, ignorando dela
por quem vive hoje.

                                  Caminhando pela rua
sorri sozinha o sorriso mais ambíguo.


(poeta italiano falecido faz hoje 66 anos) 

Tradução de Carlos Leite

quinta-feira, agosto 25, 2016

quarta-feira, agosto 24, 2016


Léo Ferré nasceu faz hoje 100 anos
O sacrifício

Ouve o barulho das chaves.
Ouve o barulho das portas.
Ouve o sapateado
dos emissários da escuridão.

Cento e sete passos
                        e um baque.
Cento e sete passos
                        e o silêncio.
Cento e sete passos
                        e seus pés
                                    pensos
                                          sobre o vazio.


(poeta mineiro que hoje faria 61 anos)
cheio de tudo

vazio agudo
ando meio
cheio de tudo

(poeta paranaense nascido a 24 de Julho de 1944