thesoundofsilence

How many times must a man look up, Before he can see the sky? How many ears must one man have, Before he can hear people cry? The answer, my friend, is blowin' in the wind. The answer is blowin' in the wind.

quinta-feira, setembro 03, 2015

Jennifer Paige faz hoje 42 anos

O sistema

Os funcionários não funcionam.
 Os políticos falam mas não dizem.
Os votantes votam mas não escolhem.
Os meios de informação desinformam.
Os centros de ensino ensinam a ignorar.
Os juízes condenam as vítimas.
Os militares estão em guerra contra seus compatriotas.
Os polícias não combatem os crimes, porque estão ocupados cometendo-os.
As bancarrotas são socializadas, os lucros são privatizados.
O dinheiro é mais livre que as pessoas.
As pessoas estão ao serviço das coisas.


(escritor uruguaio que hoje faria 75 anos)

quarta-feira, setembro 02, 2015

Arnaldo Antunes faz hoje 55 anos

Desencontro Marcado

É, não vem,
não vou.
Deixa pra lá,
depois se vê.
Você queima
e eu não ponho
a mão no fogo por você.


(poeta carioca que hoje faz 69 anos

terça-feira, setembro 01, 2015

Daniel Del Sarto faz hoje 41 anos

Bill Kaulitz faz hoje 26 anos

moravagine

Ó jovem, considera a secura
dos trágicos que se perdem em facécias. Não esqueças
que não existe alguma vez progresso
quando o coração petrifica. É
preciso que toda a ciência se
ordene à semelhança dum fruto que
se dependure na ponta de uma árvore
de carne e que amadureça
ao sol da paixão,
histologia, fotografia, campainha
eléctrica, telescópios, pássaros,
amperes, ferro de passar,
etc. – Tudo isto é para deslumbrar a porra da hu-
manidade.

O teu rosto é tão diferente
tão comovente molhado de
lágrimas e pronto a rebentar
de riso.


(poeta suíço nascido a 1 de Setembro de 1887) 

tradução de  Ruy Belo

segunda-feira, agosto 31, 2015

Sérgio Godinho faz hoje 70 anos

Génio do Mal

Gostavas de tragar o universo inteiro,
Mulher impura e cruel! Teu peito carniceiro,
Para se exercitar no jogo singular,
Por dia um coração precisa devorar.
Os teus olhos, a arder, lembram as gambiarras
Das barracas de feira, e prendem como garras;
Usam com insolência os filtros infernais,
Levando a perdição às almas dos mortais.

Ó monstro surdo e cego, em maldades fecundo!
Engenho salutar, que exaure o sangue do mundo
Tu não sentes pudor? o pejo não te invade?
Nenhum espelho há que te mostre a verdade?
A grandeza do mal, com que tu folgas tanto.
Nunca, jamais, te fez recuar com espanto
Quando a Natura-mãe, com um fim ignorado,
- Ó mulher infernal, rainha do Pecado!-
Vai recorrer a ti para um génio formar?

Ó grandeza de lama! ó ignomínia sem par.


(Charles Baudelaire faleceu a 31 de Agosto de 1867) 

Tradução de Delfim Guimarães

domingo, agosto 30, 2015

Poema para minha filha

Para ti, querida
Rosas e mel
E estrelas rutilantes,
Risos gritantes,
Muita ternura e carinho

E o Sol
Brilhando muito
Em frente ao teu caminho.

Deixa comigo o fel,
A dor, o desespero
Deixa que eu fira a pele
Nos ásperos abrolhos
Da vida.

Deixa chorar meus olhos
Deixa comigo
O peso do sonho tão antigo.

Para ti, querida
Paz, amor, ternura
Estrelas rutilantes,
Rosas e Mel...


Escrito na Cadeia Comarcã de Luanda em 14/01/1966 

Poema dedicado à minha filha, no dia do aniversário

sábado, agosto 29, 2015

Mallu Magalhães faz hoje 23 anos

Elizabeth Fraser faz hoje 52 anos

Edu Lobo faz hoje 72 anos

Ascensão

Atravessaste o vale, a planície florida,
absorto na visão dos encantos da estrada.
Eis-te agora ao sopé da montanha da vida
que irás subir a fim de alcançar a chapada.

Coragem, moço! Eu sei que é íngreme a subida.
Que importa?  Vencerás, passada por passada,
para a glória de o sol beijar-te a fronte erguida.
- E depois? - É a descida, é a morte, é a volta ao nada...

Mas, tanto que atingi o cimo da montanha,
a fronte em suor, os pés em sangue, as mãos em brasa,
senti que mergulhara em claridade estranha...

e a Verdade esplendeu em toda a intensidade:
é uma ascensão a vida! Eu necessito de asa
para me erguer mais alto em rumo à Eternidade!


(poeta paraibano falecido faz hoje 40 anos)

sexta-feira, agosto 28, 2015

Florence Welch faz hoje 29 anos

Paula Fernandes faz hoje 31 anos

Anoitecer, na Praia

Junto ao mar, as crianças
são mais alegres; as mulheres são
mais harmoniosas,
mais naturais.
E, enquanto a ondulação
das águas marulhosas
arma, em seu ritmo, imprevistas danças
isócronas, mas sempre desiguais;
e a escumilha na praia arma frouxéis de rosas,
efêmeros, sutis, quase irreais;
e as crianças, à beira da água, armam castelos
na úmida areia,
sob os olhos da miss, ou da ama que as ladeia,
e o distraído encanto dos papais;
e os velhos, em seus trajos mais singelos,
sob os toldos velados,
repousados,
sorriem cachimbando,
recordando
coisas imemoriais, -
cada mulher que passa é atávica sereia;
é atávico tritão
cada atleta que emerge à ondulação
da correnteza rejuvenescente;
é atávico tritão
aquele nadador adolescente
ora a subordinar o mar fremente
que resfolega e ondeia,
ao ritmo do seu próprio coração...


(poeta brasileiro nascido faz hoje 127 anos)